Regulamento do Concurso

Estranha Forma de Vida

Concurso de fotografia Instagram – Arquivo Bens Culturais

Tema:

Relatos do Confinamento

“Quarentena

Estar em casa
estar a estar
dias e dias”

Adilia Lopes

Este concurso pretende deixar um registo deste tempo de excepção, em que a liberdade é condicionada pela natureza, que tanto agredimos sem pensar nas consequências, mas que, mais uma vez, nos faz perceber como somos pequenos ao lado dela. 

Um tempo de medo, de sofrimento e de isolamento, mas também de sentimento de impotência, que mudou o nosso quotidiano e transformou por completo as paisagens urbanas.

Um tempo que, apesar de tudo, tem alguma beleza. Como escreveu Oscar Wilde, “Por vezes, cruzamo-nos nas nossas vidas com uma tragédia repassada de elementos de beleza artística”.

É essa beleza artística da tragédia, referida por Oscar Wilde em “O retrato de Dorian Gray”, que este concurso pretende deixar para memória futura.

Regulamento

1 – Organização

“Estranha forma de vida – Relatos do confinamento”, concurso de fotografia no Instagram, é organizado pela Arquivo Bens Culturais

2 – Natureza do concurso

O concurso no Instagram pretende que através da imagem fique registado, para memória futura, o período atípico que vivemos.

3 – Destinatários

A participação no concurso será aberta a todos, com idade superior a 18 anos e residentes em Portugal, que possuam um perfil válido na rede social Instagram.

Para participar será necessário publicar as fotos com o hashtag #estranhaformadevida2021

4 – Condições de participação

Para a Arquivo ter acesso às fotografias, têm de se verificar as seguintes condições:

  • O perfil do Instagram ser público;
  • Seguir a Arquivo no Instagram arquivobensculturais e dar autorização para ser seguido pela Arquivo bem como a utilização das hashtags #arquivobensculturais, #estranhaformadevida e #relatosdoconfinamento
  • Cada participante deve colocar até 10 fotografias.

5 – Critérios de avaliação

A avaliação das fotografias publicadas será baseada nos seguintes critérios:

  • estética;
  • criatividade;
  • adequação e capacidade de valorização do tema proposto.

6 – Júri

O júri, responsável pela seleção das fotografias é composto por:

  • Ricardo Graça, Fotógrafo do Jornal de Leiria
  • Joaquim Dâmaso, fotógrafo do Região de Leiria
  • Isabel de Aboim Inglez , artista e docente da Escola Superior de Artes e Design do Politécnico de Leiria

O júri é soberano, não há espaço para recurso das decisões do júri.

7 – Prémios

a) vencedor

  • Valor pecuniário de 250€;
  • Cheque oferta da Arquivo no valor de 100 euros em livros da Taschen;
  • Exposição individual na galeria da Arquivo em 2021, se as condições sanitárias o permitirem, com trabalho criado especificamente para esta exposição;
  • Divulgação nos perfis da Arquivo no Instagram e no Facebook;

b) 2º lugar

  • Cheque oferta da Arquivo no valor de 75 euros em livros da Taschen;
  • Divulgação nos perfis da Arquivo no Instagram e no Facebook.

c) 3º lugar

  • Cheque oferta da Arquivo no valor de 50 euros em livros da Taschen;
  • Divulgação nos perfis da Arquivo no Instagram e no Facebook.

8 – Calendário

As fotografias deverão ser enviadas até ao dia 15 de Abril de 2021.

O resultado será divulgado até ao dia 30 de Abril nos perfis da Arquivo no Instagram e no Facebook. Os premiados deverão entrar em contacto com a Arquivo via mensagem do Facebook ou por e-mail (arquivo@arquivolivraria.pt) no prazo máximo de 5 dias, fornecendo os seus dados para receber o prémio: nome, e-mail e telefone para contacto.

Assim que as condições sanitárias o permitirem, haverá uma exposição na galeria da Arquivo relativa ao concurso onde será exposta uma selecção das fotografias a concurso.

9 – Divulgação

A Arquivo poderá proceder à divulgação nos seus meios de comunicação de todas as fotografias apresentadas a concurso. No final do concurso, as fotografias às quais serão atribuídos os prémios serão também divulgadas nos meios de comunicação da Arquivo;

10 – Direitos e propriedade

A Arquivo reserva-se no direito de utilizar, designadamente para fins publicitários, de divulgação, de publicação e de comercialização todas as fotografias apresentadas a concurso.

11 – Disposições finais

Quaisquer situações não referidas neste regulamento serão decididas pela entidade organizadora do concurso.

A direção da Arquivo Bens Culturais